Flávio Furtado lança livro de receitas

O apresentador e comentador social da TVI, Flávio Furtado, vai lançar, a 20 de fevereiro, pelas 20h20, no Auditório do Ramo Grande, na Praia da Vitória, o livro “Receitas dos Açores – Feitas em cozinhas pequenas por gente de coração grande”.

Natural da Praia da Vitória, o apresentador de televisão tem divulgado algumas receitas da gastronomia dos Açores no seu blog – Flávio Furtado – Cooking e Lifestyle” que tem milhares de seguidores.

Cozinhaacoriana.pt publica, em exclusivo, uma curta conversa com Flávio Furtado a propósito do lançamento do livro “Receitas dos Açores – Feitas em cozinhas pequenas por gente de coração grande”.

Que tipo de receitas se pode encontrar no seu livro?

Estarei no Auditório do Ramo Grande, a convite da Câmara Municipal da Praia da Vitória, para apresentar o meu novo livro no próximo dia 20.02.20 às 20h20.

O livro “Receitas dos Açores – Feitas em cozinhas pequenas por gente de coração grande” é uma compilação de receitas das 9 ilhas dos Açores, receitas que marcaram a minha infância e que me remetem para coisas boas.

São mais de 220 páginas, com prefácio do Manuel Luís Goucha.

Como surgiu a ideia de editar um livro sobre gastronomia dos Açores?

O blog www.amodadoflavio.pt que está há quase dois anos entre o primeiro e o segundo lugar no top dos Blogs de Portugal na categoria de culinária, surgiu após a minha participação no Big Brother VIP.

No programa, ao longo de 14 semanas, era eu quem cozinhava na maioria das vezes. Inventava, de acordo com aquilo que nos era disponibilizado pela produção. Quando saí do programa percebi que as pessoas que me seguiam tinham curiosidade e vontade de ter as minhas receitas, coisas simples, comida de conforto.

Nessa altura lancei o livro “90 dias, 90 pratos” com todas as receitas que tinha elaborado no programa. Depois do livro surgiu o blog e mais tarde a revista mensal “À Moda do Flávio”. Agora lanço este livro, onde reuni algumas das minhas receitas mais queridas. É um tributo à minha terra, às minhas origens, mas sobretudo a todas as pessoas que algum dia cozinharam para mim.

Quais as referencia que tem da cozinha açoriana?

Para mim o que distingue a boa comida são os pratos que me despertam coisas boas, todo e qualquer sabor ou aroma que me remete para coisas boas. E são essas coisas boas que estão neste livro.

O aroma da ‘boa’ carne assada, por exemplo, remete-me para os domingos em casa da minha mãe; o crocante do ‘bom’ pão quente que me remete para as festas do Bodo; o paladar da ‘boa’ galinha frita que me remete para a casa da minha avó. E o creme dos ‘bons’ pasteis de nata que me recordam os intervalos na escola primária, os pasteis de nata que a D. Lúcia e a tia Rosa vendiam quando eu andava na primeira classe…

Além disto, neste livro encontramos a receita da Alcatra, da Massa Sovada, do Polvo Guisado, do Bolo Levedo, das Queijadas Dona Amélia e muitos outros pratos das nossas magnificas 9 ilhas. 

© Direitos reservados

Deixe uma resposta