Esperanças vencem nos Açores

O doce conventual Esperanças é pré-finalista do concurso nacional 7 Maravilhas Doces de Portugal.
A escolha do doce que terá surgido há mais de um século no Convento da Esperança, localizado em Ponta Delgada, foi efetuada pelo público através de uma votação telefónica. Trata-se de um doce que é confecionado com massa filo, amêndoa, cidrão e ovos.
O representante dos Açores na próxima fase do 7 Maravilhas Doces de Portugal foi revelado segunda-feira, durante uma emissão em direto das RTP1 realizada em Ponta Delgada.
Nesta fase do 7 Maravilhas Doces de Portugal estiveram a concurso Alfenim, Camafeu, Pudim Conde da Praia e Dona Amélia (todos da ilha Terceira), Queijas da Graciosa (Santa Cruz da Graciosa) e Queijadas da Vila (Vila Franca do Campo).
No início da competição estiveram a concurso quase duas dezenas de doces açorianos, tendo um painel de especialistas selecionado sete para a fase que está a decorrer.
A 7 de setembro, terá lugar a Gala Finalíssima do 7 Maravilhas Doces de Portugal, transmitida em direto pela RTP 1, onde serão revelados os vencedores nas categorias a concurso: Doces de Território, Bolo de Pastelaria, Doce de Colher e Doce à Fatia, Biscoitos e Bolos Secos, Doces Festivos, Doces de Fruta e Mel e Doces de Inovação.

© Direitos Reservados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *