Espécies

As espécies estão entre as mais singulares e antigas criações da doçaria açoriana. Trata-se de um doce peculiar da ilha de São Jorge onde a forma de ferradura e a utilização de diversas especiarias fazem com seja uma verdadeira especialidade.

Ingredientes

1 kg. de Farinha

500 gr. de farinha de pão ralado

1 kg. de açúcar

250 gr. de manteiga

3 Ovos

1 Colher de sopa de banha

1 Colher de café de pimenta branca moída

Cascas de dois limões finas cozidas e raladas

70 gr. de erva Doce moída

40 gr. de canela

Sal q.b.

Modo de preparação

1. Para fazer o recheio deve começar por colocar num recipiente o açúcar com um ovo e bater muito bem. Num tacho antiaderente coloque 250 ml de água a ferver e adicione as cascas dos limões, a canela, a pimenta branca, 125 gr. de manteiga, a erva doce e a mistura do açúcar com o ovo. Deixe estar no lume até engrossar. Retire as cascas de limão. Deixe arrefacer e adicione a farinha de pão ralado. Volte ao colocar no lume para cozer e engrossar.

2. Para fazer a massa tenra, junte a farinha, 125 gr. de manteiga, 2 ovos, a banha e uma pitada de sal. Amasse muito bem.

3. Com o recheio feito na véspera, fazem-se uns rolinhos que se cortam para o tamanho das espécies. Com o rolo estende-se a massa muito fina e cortam-se tiras com cerca de 5 cm de largura com uma carretilha e o comprimento que quiser dar às espécies. Fazem-se uns cortes e no meio da massa coloca-se os rolos de recheio e dobra-se de modo a que fique com a forma de uma ferradura unindo as pontas.

4. Coloque as unidades das espécies num tabuleiro untado e vai a forno a 180 graus até ficarem cozidas com a massa estaladiça.         

Notas:

1. Reserve o preparado de um dia para o outro.

© Direitos reservados

Deixe uma resposta