Arroz de polvo

O molusco da espécie Octopus vulgaris que habita as zonas rochosas ou arenosas não muito longe da costa das ilhas açorianas. É desde há muito apreciado em pratos como o polvo guisado ou assado. As “sobras” dos polvos grandes são, por vezes, aproveitadas para o confecionar com arroz.

 

Ingredientes

 

1,5 kg. de polvo

350 gr. de arroz

3 Tomates

100 dl. de azeite

100 dl. de vinho branco

2 Cebolas

4 Dentes de alho

2 Folhas de louro

1 Colher de chá de colorau

1 Colher de chá de massa malagueta

1 Colher de café de açafroa

8 Pimentas das Jamaica

50 gr. de manteiga

1 Ramo de salsa

Sal q.b.

 

Modo de preparação

 

  1. Coloque um pouco de água num tacho com uma cebola, dois dentes de alho, pimenta da Jamaica e uma folha de louro. Junte o polvo inteiro e deixe cozinhar durante cerca de 45 minutos. Se o polvo não tiver a consistência pretendida deixe cozinhar mais alguns minutos.
  2. Retire o polvo do tacho e reserve a água da cozedura depois de a passar por um coador.
  3. Corte o polvo e pedaços pequenos e reserve a parte maior dos tentáculos para a decoração do prato.
  4. Noutro tacho coloque azeite, uma cebola picada, três dentes de alho picados e uma folha de louro e faça um refogado. Adicione de seguida o tomate sem pele e sementes cortado em pequenos cubos e deixe cozinhar. Junte o vinho branco, o colorau, o açaflor e a massa malagueta e deixe levantar fervura. De seguida acrescente o arroz e deixe fritar um pouco. Para cozer o arroz junte 700 ml. da água reservada da cozedura do polvo e o sal e deixe cozinhar durante cerca de 15 minutos.
  5. Quando o arroz estiver quase no ponto a seu gosto adicione os pedaços de polvo e mais de água a seu gosto e deixe cozinhar mais três minutos. Acrescente salsa picada e deixe o arroz repousar no tacho.
  6. Numa frigideira junte um pouco de azeite e a manteiga e adicione os tentáculos reservados e deixe ganhar fritar 1 ou 2 minutos. Utilize os tentáculos fritos para decorar os pratos.

Deixe uma resposta